De forma pioneira no Brasil, equipamentos destinados ao monitoramento satelital de peixes-bois marinhos estão sendo fabricados. A partir desta conquista, a qual têm contribuído significativamente para a estratégia de conservação da espécie, em outubro, teve início a utilização destes radiotransmissores nos peixes-bois marinhos.

Os resultados já permitiram constatar que os mecanismos de transmissão, no que tange ao dispositivo GPS, possibilitam a localização de forma bastante satisfatória, com excelente precisão das coordenadas recebidas. Com relação ao VHF, este dispositivo tem auxiliado o monitoramento em campo, possibilitando ao pesquisador, localizar o animal para os devidos estudos ou recuperar os transmissores para manutenção/reparo. 

Assim, mantendo a premissa em conceber estes equipamentos, a partir de materiais de baixo custo e disponíveis no mercado nacional, o produto final obtido apresenta-se viável tecnicamente e economicamente acessível para as demais iniciativas desta natureza. Com base em todos os estudos realizados, os equipamentos e o sistema concebido encontram-se aptos para as atividades de monitoramento dos peixes-bois marinhos em vida livre.

Este projeto é fruto de um esforço conjunto da Fundação Mamíferos Aquáticos e a Nortronic – Sistemas Eletrônicos do Nordeste, contando com o apoio do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), a APA Barra do Rio Mamanguape, ARIE dos Manguezais da Foz do Rio Mamanguape, CEPENE/ICMBio, APA Costa dos Corais e em especial ao apoio da Fundação Grupo Boticário.